Site Rank, Page Rank. Até onde influenciam nos tempos atuais?

Site Rank

Site Rank, Page Rank e outras métricas de otimização são indicadores que já existem há muito tempo e que podem até lhe confundir quanto tenta encontrar informações adequadas sobre SEO. Se esta em busca de melhorar seu tráfego, com certeza já deve ter passado por alguma dessas dificuldades:

– O Site Rank (ou Page Rank) influencia nos tempos atuais?
– O que devo fazer para realmente conquistar posições nos buscadores?
– Preciso me preocupar em elevar estes rankings?

Em função destas dúvidas e dificuldades dos leitores, preparei este artigo na qual vou mostrar a influencia que estes indicadores tem nos tempos atuais e o que você deve fazer se quer realmente otimizar suas páginas para mecanismos de busca. Aproveite e leia também: 27 melhores plugins WordPress Grátis + Curso Grátis.

Site-Rank-PageRank

O que é Site Rank e até que ponto ainda influencia nos resultados?

Site Rank / Page Rank são terminologias que foram utilizadas pelo Google para classificar o grau de importância que uma determinada página possuia na internet.

Este Ranking basicamente é calculado de acordo com o número e qualidade de links existentes na internet apontando para uma determinada página, fazendo com que cada página do seu site tenha um Site Rank que varia de 0 a 10.

Nos primórdios da otimização SEO, era um indicador extremamente importante e profissionais de Internet Marketing lutavam bravamente para obter um Site Rank elevado, pois realmente era um fator decisivo para o tráfego de uma página.

Porém, com a evolução dos algoritmos do Google e com o surgimento de diversos novos, como Panda, Pinguim, Beija-flor, a cada dia que passa este indicador esta se tornando meramente para efeitos comerciais (e ainda sim a cada dia perde mais sua importância).

Além deste indicador existe também o Alexa Rank, que tem influencia maior comercial. Leia em 8 métodos (atuais) para melhorar o Alexa Rank de seu site.

Quando eu digo influencia no aspecto comercial eu estou me referindo ao fato de que ainda existe a comercialização de publicidade direta em blogs e sites, na qual o Site Rank continua sendo avaliado.

Uma prova concreta de que o Site Rank não é mais um fator primordial há muito tempo é que a cada dia novas páginas (otimizadas) tomam preciosos lugares de páginas com elevado Site Rank e que já estão online há algum tempo.

Mais se o Site Rank não é quase nem considerado, o que devo fazer?

Os Links externos, que sempre compuseram o Site Rank, ainda continuam sendo importantes. Porém a cada dia que passa percebo que outros fatores ganham força, em detrimento aos links externos.

Fatores como a otimização On Page e Interação Social de suas páginas estão sendo cada vez mais considerado. Não da para negar que as Midias Sociais tem cada vez mais impacto na internet e são capazes de gerar tráfego de qualidade.

E é exatamente isso que os principais mecanismos de busca tem se atentado, que é buscar indicadores que mostram a interação social de páginas.

Recentemente eu publiquei um artigo que pode ser bastante interessante: Tráfego gera Tráfego – A melhor estratégia SEO dos tempos atuais.

Para que não fique muito vago, preparei uma lista de checagens que você deve fazer em suas páginas, a fim de melhorar nos resultados das buscas:

1) SEO On Page: Fique atento a todas as formas de otimização de suas páginas, pois o On Page tem bastante impacto em seus resultados. Escolha as palavras-chave corretas, utilize-as em títulos e subtítulos, defina as Meta Tags.

Um outro aspecto essencial da otimização On Page são fatores que estão relacionado ao desempenho, tempo de carregamento e Usabilidade. O Google tem por finalidade posicionar melhor as páginas que trazem uma experiência melhor para os usuários e, neste aspecto, estes fatores são essenciais para proporcionar uma boa experiência.

Não é comum ver pessoas preocupadas com este fator, mais o fato é que talvez seja o principal fator avaliado pelos mecanismos de busca para determinar seu uma página deve estar bem rankeada ou não.

 

 

Sugiro que leia o artigo: Usabilidade – 22 Técnicas imprescindíveis!

2) Participação Social: Não adianta querer tráfego se você não esta presente nas Mídias Sociais. Nos tempos atuais, de nada adianta um ótimo Site Rank se não tiver participação Social nenhuma.

Além de ter seus perfis e uma interação constante com seu público, você precisa proporcionar formas de seus leitores compartilharem com facilidade. Não só proporcionar estas formas, mais também incentivá-los a postar seus materiais em seus perfis.

A melhor forma de fazer com que isso aconteça é oferecer um conteúdo que ajude a sanar os maiores problemas de seus leitores. Isso faz com que os mesmos se sintam na obrigação de retribuir, promovendo gratuitamente seus conteúdos nas redes sociais.

3) Link Buliding: É claro que não reina mais absoluto como já foi um dia, mais o Link Buliding (principal análise do Site Rank), ainda é importante e pode ajudar muito os seus resultados.

Mais já é mais do que conhecido que o Google esta cada vez mais competente no que diz respeito a detecção de links construídos de maneira a burlar seus resultados, portanto busque estratégias sadias para construir suas relações de forma natural.

Muitos webmasters utilizavam-se de técnicas artificiais para ganhar tráfego e por consequência ganhar dinheiro com blogs e sites.

A maior parte das estratégias de Link Building válidas nos tempos atuais ainda consistem em ter um conteúdo de qualidade. Sugiro que leia: Marketing de Conteúdo – 5 formas de alavancar seus negócios!

4) Long Tail: Se mesmo com as práticas acima você ainda não consegue bater de frente com os concorrentes de palavras-chave de seu negócio, você tem que partir para palavras chave mais específicas, que chamamos de Long Tail.

Muitas vezes não adianta queremos brigar de frente com concorrentes que já estão extremamente otimizados e há bastante tempo online, pois podemos perder nosso tempo e investimento sem obter os resultados esperados.

Vale muito mais a pena neste caso começar a aplicar estratégias de Marketing de Conteúdo e buscar palavras-chave mais específicas, que possuem menos concorrência.

É claro que neste caso as palavras que você irá concorrer possuem um volume menor de buscas, mais é uma maneira de você começar a obter algum tráfego. Ao invés de buscar somente 1 palavra-chave principal, concorra a várias palavras chave mais específicas que são derivadas da sua palavra chave principal.

Muitas vezes a soma do tráfego que pode ser obtido por long tails supera o volume que pode ser obtido pela palavra principal. Caso seu mercado seja muito concorrido e ainda sim não consiga estar nas primeiras posições, sugiro ainda partir para uma estratégia de Long Long Tail, que são palavras ainda mais específicas.

Assim, você começa aos poucos a obter seu tráfego e vai incorporando seu negócio, de forma a brigar pelas palavras mais concorridas quando já estiver com um tráfego e autoridade maior.

E você, o que pensa a respeito do Site Rank?

Comente…

TAGS:

– Site Rank
– Page Rank
– Alexa Rank
– Site Ranking
– Page Ranking

Sobre o autor | Website

Especialista em Marketing Digital, presta Consultoria e auxilia diversos clientes. Amante por blogs, é responsável pela administração dos blogs Afiliados na web, Gerenciando Blog e Mundo Blogger.

Junte-se a 13.756 pessoas que decidiram aprender tudo sobre Marketing de Afiliados.

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

2 Comentários